Visita de estudo | Faixa litoral e Galeria da Biodiversidade

Visita de estudo ao Porto | 10º ano

As turmas B, C e F do 10º ano da Escola secundária de Barcelos realizaram uma visita de estudo no âmbito das disciplinas de Biologia e Geologia.

No dia 13 de junho de 2019 desfrutaram de uma visita de estudo no Porto, no âmbito das disciplinas de Biologia e Geologia, organizada pelas professoras Ana Martins, Armanda Figueiredo, Augusto Vilas Boas, Celeste Salsas e Paula Gomes.

A visita teve início, pelas primeiras horas da manhã na faixa litoral desde a foz do Douro até à praia do Castelo do Queijo, onde tiveram a possibilidade de observar marmitas de gigante (uma estrutura obtida através da erosão de rochas), granitos porfiróides, brechas ígneas, anfibolitos, além do próprio Forte de S. Francisco Xavier (Castelo do Queijo). Também puderam analisar uma zona do mar, em que há indícios de existir uma falha geológica, bem como diversas dobras.

Após o almoço no Parque da Cidade do Porto visitaram a Galeria da Biodiversidade no Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto, onde terá sido a habitação dos avós de Sophia de Mello Breyner Andresen. Lá, puderam aplicar os conhecimentos de Biologia e Geologia que teriam adquirido durante todo o ano letivo, pricipalmente no que à biodiversidade diz respeito. Para o seu benefício, foram também acompanhados por uma guia que lhes explicou e deu detalhes acerca de toda a exposição.

A viagem teria fim no Jardim Botânico, que serviu de inspiração para alguns dos livros de Sophia, como o “Rapaz de Bronze”. Este situa-se no exterior do museu, ao ar livre, e alberga imensas espécies diferentes de plantas, tais como camélias, inúmeros tipos de catos, sequoias e outras mais. Nesta última parte, o grupo foi também acompanhado por uma guia que deu algumas curiosidades quanto à família de Sophia.

Assim, esta visita de estudo teve como objetivos principais fomentar mais interesse nas áreas da Biologia e da Geologia, dar a oportunidade aos alunos de observar e analisar coleções de geologia, paleontologia, zoologia e botânica, e também de usufruir de uma aula de campo fora do ambiente escolar.

Esta trouxe imensas vantagens aos alunos que ingressaram, sendo que a maioria deles gostou imenso desta experiência, tal como Gonçalo Miranda da turma 10ºB referiu, “Foi sem dúvida uma mais valia para mim, até porque estou num curso de Ciências, e, assim, consegui pôr em prática algo que tinha estudado nas aulas. Aprendi também imenso sobre as áreas que mais me agradam”.

 

 14/06/2019
Autor da notícia: Daniel dos Santos Ferreira-10ºB

 

 

 

Comentários estão fechados.
Categoria de Notícias
EDUCAÇÃO INCLUSIVA
Consulte toda a informação importante sobre as medidas multinível de suporte à aprendizagem e à inclusão.
Aceder